fbpx

A Blocktime Coworking está dividida em duas unidades, Coworking Heroes, voltada ao público da economia colaborativa e a Coworking Saúde e Bem-Estar, para os profissionais da área.

Coworking Heroes:
Rua Galeno de Almeida, 188 – São Paulo

Contato:
[email protected]
+55 11 3055-3400

Nossa sede está a 150 metros do Metrô Sumaré.

Coworking Saúde e Bem-Estar:
Rua Artur de Azevedo, 289 – São Paulo

Contato:
[email protected]
+55 11 3062-5824

Próximo a estação de Metrô Oscar Freire.

Economia brasileira? O que esperar para o cenário de 2020?

Imagem mostra gráfico com projeção de crescimento

Economia brasileira? O que esperar para o cenário de 2020?

A melhor forma de manter sua empresa em destaque no mercado é olhar para o contexto econômico do país e tomar medidas que eliminam gastos desnecessários.

Dívida pública, reforma da previdência, crises e acidentes ambientais dentre outros elementos têm tomado conta do atual contexto do Brasil. Diante de tantos acontecimentos, quando o assunto é economia brasileira, existe certa divisão de opiniões.

Nesse cenário, não há quem não tenha dúvidas a respeito do que esperar para 2020. O receio de tomar decisões importantes, estabelecer novos contratos e investir na ampliação do negócio tende a ser compartilhado por quem  atua em distintos setores.

Se você está em dúvida sobre o direcionamento que deve dar para sua empresa no próximo ano, confira as dicas que preparamos. Veja o que revelam os dados e em que isso pode interferir nos fluxos do seu negócio. 

Imagem mostra pesquisa com projeção de crescimento

O que dizem as pesquisas

Diante de tantas pesquisas, umas otimistas, outras, nem tanto, existe um ponto que deve ser considerado: a recuperação da economia brasileira será dada a passos lentos.

Em outras palavras, a retomada será gradativa e a paciência é a palavra de ordem, não só para 2020, mas para os próximos  anos.

Dados de uma pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) revelam que o crescimento econômico do Brasil será em torno de 0,8%. Esse valor corresponde a uma média geral, levando em consideração a indústria, agropecuária e serviços.

Em comparação com uma pesquisa realizada no final de 2018, que apresentou um crescimento de 2%, houve uma queda considerável. Diante desses dados, além da paciência, a confiança no mercado brasileiro é outro fator que deve determinar nossas próximas ações. 

O que fazer com essas informações? Para responder esse questionamento, é importante que você leve em consideração algumas estratégias que podem ser direcionadas para que seu negócio não sofra com os impactos desse crescimento gradativo.

Imagem mostra ambiente interno de empresa

Organize as ações de sua empresa da melhor forma

Um plano de negócios bem estruturado é necessário em qualquer momento. No entanto, quando o assunto é instabilidade econômica, ele é bem mais útil ainda. Ele deve servir como guia para que você tome as melhores decisões no que diz respeito a:

Trabalho da equipe: Ao invés de ir demitindo os funcionários, verifique a possibilidade de trabalho remoto. Com isso, os custos serão reduzidos significativamente. Você poderá reunir os colaboradores semanalmente, por exemplo, para alinhar o cronograma.

Para isso, basta alugar uma sala de reunião em espaço exclusivo de coworking ou uma sala privada. O bom é que você pagará um valor relativamente baixo e desfrutar de infraestrutura completa, com internet, telefone, recepção, copa, entre outros. 

Materiais de escritório: Na era digital, o melhor é se apropriar da tecnologia e usar cada vez menos papéis ou outros recursos que implicam em grandes gastos mensais. E, ainda por cima, sua empresa adota o conceito de sustentabilidade.

Espaço: O aluguel de salas comerciais é responsável por compreender uma boa fatia das despesas. Nesse caso, para não sofrer as consequências da queda da economia, a melhor saída em investir em coworking.

Esse sistema de compartilhamento de espaços de trabalho é econômico e versátil. Ele ainda te coloca em contato com outros profissionais, com os quais você poderá trocar dicas e experiências para se preparar para passar pelos estágios da economia brasileira da melhor forma. 

Você pode olhar para a realidade econômica do Brasil com positividade. Aproveite o cenário para avaliar o que está sendo gasto com o que é realmente necessário ou com o que é superficial.


João Marcos Guirau

Graduado em Arquitetura e Urbanismo pelo SENAC SP, é fundador da Blocktime Coworking e sócio do grupo Blocktime, referência em operação e otimização de escritórios. Entusiasta da economia compartilhada, participa ativamente de grupos relacionados ao tema e adquiriu conhecimento e expertise em arquitetura e design para coworkings, sendo responsável pela gestão operacional dos espaços. Atua, desde 2015 como organizador do Encontro Coworking Brasil e apoiador de muitas das iniciativas relacionadas a este universo, está sempre buscando mais conhecimento sobre novas formas de trabalho, participando frequentemente de conferências internacionais sobre o tema.